Criptomoedas vs. Token: Compreendendo a diferença

Reading time: 4 minutes

À primeira vista, o mundo das criptomoedas pode parecer desafiador para os novos investidores devido aos conceitos particulares desse mercado.

Um dos conceitos mais básicos é compreender a diferença entre criptomoedas e tokens. Embora esses dois termos sejam frequentemente usados de forma intercambiável, eles se referem a dois conceitos diferentes no ecossistema criptográfico. 

Continue a leitura do artigo para entender as diferenças fundamentais entre criptomoedas e tokens.

O que é uma criptomoeda?

As moedas referem-se a criptomoedas construídas em sua rede blockchain independente. O exemplo mais famoso é o Bitcoin (BTC), que também é a maior criptomoeda do mundo por capitalização de mercado.

Bitcoin é alimentado por sua rede blockchain nativa. Da mesma forma, Litecoin (LTC) e Ethereum (ETH) funcionam em seus respectivos blockchains. Esses blockchains podem diferir em tamanho, regras, mineradores, desempenho e outros componentes.

Algumas das moedas populares são Bitcoin (BTC), Ripple (XRP), Ethereum (ETH), Dogecoin (DOGE) e Litecoin (LTC).

Como as criptomoedas são usadas?

As criptomoedas são projetadas para servir ao mesmo propósito que as moedas físicas: transferência de valor. 

Assim, as moedas digitais permitem a transferência de pagamentos e armazenam valor diretamente vinculado à sua demanda e oferta. Portanto, o valor das moedas digitais costuma ser volátil.

No caso do Bitcoin, a única maneira de obter mais moedas é comprá-los ou minerá-los, você também pode aceitar Bitcoin como forma de pagamento.

O que é um token?

Tokens se referem a criptomoedas que não têm uma rede própria blockchain. Em vez disso, essas criptomoedas são construídas com base em outro blockchain.

Os usuários podem criar tokens digitais usando uma das muitas plataformas do ecossistema DeFi (Finanças Descentralizadas). Falaremos mais sobre o assunto em outro artigo.

O Ethereum é uma das escolhas mais populares, graças ao seu suporte para smart contracts. A maioria dos tokens digitais encontrados hoje são tokens ERC-20, uma vez que a plataforma Ethereum permite facilmente criar tokens em seu blockchain.

Atualmente, existem milhares de tokens no mercado. Tether (USDT), USD Coin (USDC), DAI, UMA e Basic Attention Token (BAT) são alguns dos tokens digitais comumente usados ​​por aí. Esses tokens podem ter outras possibilidades além da transferência de valor.

Como os tokens digitais são usados?

Assim como as criptomoedas, os tokens também permitem a transferência de valor. No entanto, na maioria dos casos, um token digital tem alguns recursos adicionais do que ser apenas um meio de pagamento.

Qualquer pessoa pode criar tokens digitais para cumprir funcionalidades específicas.

Por exemplo, o navegador Brave com foco na privacidade usa o Basic Attention Token (BAT) para recompensar seus usuários por navegar na web. Os clientes são pagos em BAT quando visualizam anúncios de negócios que têm parceria com o navegador.

Existem diferentes tipos de tokens digitais para diversos fins.

  • Os tokens de segurança funcionam como prova de investimento em ativos do mundo real, como ações e renda fixa. Eles são emitidos durante a Oferta de Token de Segurança (STO).

  • Os tokens de utilidade são projetados para fornecer acesso a um determinado serviço ou produto. Por exemplo, o token FIL é usado para acessar a plataforma Filecoin.

  • Tokens de ativos são tokens digitais vinculados a ativos do mundo real, como imóveis, ouro e entre outros. Nesse caso, um token representa o investimento do mundo real.

  • Stablecoins são tokens digitais com um valor fixo. Muitas vezes, são indexados a moedas fiduciarias como USD ou EUR.

  • Os tokens não fungíveis (NFT) representam itens únicos, que podem ser reais ou virtuais. Os itens usados ​​em um jogo são um exemplo desses tokens.

  • Os tokens de pagamento são quase semelhantes às moedas digitais, pois permitem uma transferência de pagamento em troca de bens e serviços.

Alguns serviços também criam tokens de pagamento para dispensar os intermediários. Na maioria dos casos, o cliente seria recompensado por usar esses tokens em vez de um método de pagamento tradicional.

Em comparação com a construção de uma criptomoeda do zero, a criação de um token por meio da plataforma Ethereum levaria muito menos tempo.

Criptomoedas vs. Token – As principais diferenças

Algumas das principais diferenças entre um token digital e uma moeda digital são as seguintes:

  • As moedas digitais têm sua rede de blockchain, mas os tokens são construídos sobre uma blockchain existente.

  • As moedas digitais podem ser usadas para processar pagamentos, mas os tokens podem ser adequados para várias necessidades.

  • As moedas digitais exigem mais esforço para sua criação do que os tokens que podem ser construídos com base no blockchain existente como o Ethereum.

  • As moedas digitais são distribuídas principalmente por meio da mineração, enquanto os tokens se tornaram populares por meio de ICOs (Oferta Inicial de Moedas).

Abordar o mercado de criptomoedas é uma tarefa desafiadora, mas compreender a distinção básica entre os vários tipos de criptomoedas pode ajudá-lo a gerenciar riscos e tomar melhores decisões em um ecossistema volátil.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *